XV DE PIRACICABA
Os adversários
São Bernardo promete manter-se líder; Sertãozinho tem novo treinador

Por José Ricardo Ferreira

De volta à rotina. Jogadores do XV durante atividades físicas, Estádio 'Barão da Serra Negra'

Crédito: Divulgação

De volta à rotina. Jogadores do XV durante atividades físicas, Estádio 'Barão da Serra Negra'

Segunda-feira, 3 de agosto de 2020
Assim como o XV de Piracicaba, os demais clubes da Série A-2 do Paulistão também retornaram aos treinos e estão a todo vapor para o reinício dos jogos previsto para o dia 19 de agosto. Um deles, o São Bernardo FC, líder da competição, com 22 pontos, três a mais do que o Alvinegro (5º colocado), promete manter a mesma pegada nesse retorno. "Mantivemos praticamente 90% do elenco. Isso nos dá uma pequena vantagem, pois os atletas já sabem a nossa forma de trabalhar. Mas é claro que a condição física não é a mesma que tínhamos lá no mês de março (quando o Campeonato foi paralisado). Por isso vamos fazer todas as avaliações e intensificar o aspecto físico. É um desafio grande, mas como disse, todos os clubes estão passando por isso", enfatizou o preparador físico Bruno Araújo.
Seguindo a tabela original, o São Bernardo será o penúltimo adversário do XV nesse retorno do Paulistão. A partida inicialmente está marcada para o Estádio '1º de Maio' com data ainda a ser agendada. O jogo promete pois a diferença é pouca de pontos entre os dois. O São Bernardo está alojado na cidade de Atibaia (SP), onde permanecerá durante toda a disputa da Série A-2.
O XV trouxe um reforço para dar sequência ao Campeonato, o lateral-esquerdo Samuel Balbino que já treina com a equipe. Nas últimas semanas a Diretoria conseguiu renovar o contrato de 13 atletas e reúne 32 jogadores, sendo oito das Equipes de Base. Mas não é somente o XV que está se reforçando. A diretoria do Juventus acertou a renovação de contrato do atacante Mazola.
Além dele, o clube já tinha anunciado a renovação dos goleiros André Dias e Rafael Vianna, do lateral Thiaguinho, do zagueiro Diego Sacoman e dos volantes Alê e Cristian. Para a continuação do torneio, foram contratados o zagueiro Gustavo Japa, que estava na Portuguesa; o lateral Reinaldo Junio, que estava na Desportiva Ferroviária-ES; os atacantes Wilson, ex-São Bento, e Gilberto Carrara, ex-Naxxar Lions-MLT. Antes da paralisação, o Juventus estava na sétima colocação do Paulistão A-2, com 18 pontos. Na primeira fase o XV venceu o Moleque Travesso por 1 a 0 na Rua Javari.
Novos treinadores
O XV não está sozinho quando o assunto é troca de treinador. Se Evaristo Piza assumiu o Alvinegro, na semana passada, Thiago Oliveira é o novo técnico do Sertãozinho. O ex-jogador do São Paulo está na função de treinador desde 2014, tendo em seu currículo passagens por Sinop-MT, Dom Bosco-MT, Taboão da Serra, Batatais, Caldense-MG, Penapolense e Patrocinense-MG, seu último clube.
 “É um dos maiores clubes do Interior de São Paulo”, disse o novo técnico. “Eu vejo o restante do campeonato muito difícil, vamos enfrentar grandes equipes”, afirmou.
Com 12 jogos disputados antes da paralisação, o Sertãozinho está na 12ª colocação, com 14 pontos e a quatro pontos de distância do G-8. O XV empatou, sem gols, no Estádio 'Barão da Serra Negra', na nona rodada com o Sertãozinho. (Com Federação Paulista de Futebol)