SAIR SÓ SE NECESSÁRIO
Moschini reforça pedido para pessoas ficarem em casa
'Estamos vendo muitas pessoas circulando de forma desnecessária', disse

Por Ricardo Vasques/Câmara

Moschini abordou o assunto durante reunião extraordinária

Crédito: Imprensa/Câmara

Moschini abordou o assunto durante reunião extraordinária

Segunda-feira, 29 de junho de 2020
Preocupado com a curva crescente de registros da Covid-19 em Piracicaba, o vereador Ronaldo Moschini (CID) reforçou o pedido para que a população permaneça em casa e saía às ruas somente quando houver necessidade. O parlamentar, que também é médico obstetra, ginecologista e socorrista do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), falou sobre o tema durante reunião extraordinária da Câmara.
"O índice de mortes e o número de infectados vêm aumentando. Peço a conscientização maior da população. Estive nas ruas Governador (Pedro de Toledo) e Benjamin (Constant) e ainda nos deparamos com pessoas transitando em grupos de quatro ou cinco, quando às vezes uma só pode fazer a compra, rápida. Uma só pessoa procure ir ao Centro da cidade fazer a compra de bem necessário e deixe o restante para depois, espere um pouco", pediu.
Moschini orientou que, neste momento, somente saia de casa quem precise em razão de trabalho ou compras inadiáveis. "É muito preocupante, estamos vendo muitas pessoas circulando de forma desnecessária. Até manutenção residencial nós estamos protelando para que tenha menor número de pessoas circulando".
O vereador disse que a estrutura montada por Piracicaba para atender aos pacientes com a doença causada pelo novo Coronavírus coloca a cidade numa situação "ainda privilegiada em vagas de UTI", com o acréscimo recente de 20 leitos no Hospital Regional, que abrange 26 municípios da Macrorregião. "Que a população nos ajude frente à Covid-19", concluiu.