GRAMADO DA ESALQ
Sinfônica apresentará as canções dos Beatles
Banda 'The Beetles One' fez mais de 250 apresentações pelo Reino Unido

Por Da Redação

A Banda 'The Beetles One'. O grupo brasileiro foi o único a tocar dentro da primeira casa de Paul McCartney

Crédito: The Beetles One/Divulgação

A Banda 'The Beetles One'. O grupo brasileiro foi o único a tocar dentro da primeira casa de Paul McCartney

Sexta-feira, 17 de janeiro de 2020
A OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba) se une ao Grupo 'The Beetles One', um dos principais covers dos Beatles, para um Concerto ao Ar Livre na Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), em frente ao Edifício Central, em uma tenda com capacidade para duas mil pessoas. A apresentação acontecerá, nesta sexta-feira (17), às 18 horas, sob a regência do maestro convidado Thiago Tavares. O evento reunirá as principais canções do Quarteto de Liverpool. A entrada é gratuita.
"Será uma apresentação repleta de comemorações, pois além de saudarmos o público em um ambiente agradável e acolhedor. 2020 marca os 60 anos dos Beatles e os 120 anos da Orquestra Sinfônica de Piracicaba", disse o maestro Jamil Maluf, diretor-artístico e regente-titular da OSP. Além disso, o Concerto acontecerá na abertura do ano acadêmico da Esalq/USP, que realizará, na mesma semana, a solenidade de formatura de classes.
A Banda 'The Beetles One' foi considerada pelo The Cavern Club como a melhor cover dos Beatles, em 2012. Atração musical mais visitada da Inglaterra, o Cavern Club é o bar onde os Beatles conquistaram os primeiros fãs, em Liverpool.
O grupo brasileiro fez mais de 250 apresentações pelo Reino Unido e foi o único a tocar dentro da primeira casa de Paul McCartney, onde hoje em dia existe um Museu aberto à visitação. A Banda tem mais de 15 anos de estrada e é formada pelos primos e irmãos Cleber, Renato, Carlos e Wesley Tiossi, respectivamente John, Paul, George e Ringo.
O diretor da Esalq, professor Durval Dourado Neto, convida as comunidades piracicabana e esalqueana para assistirem a mais um Concerto que, há alguns anos, tem sido feito após a formatura.
“Ceder uma área da Esalq para essas apresentações estreita o laço que deve existir entre a sociedade e uma Instituição Pública de Ensino. As apresentações ao ar livre que acontecem após a colação de grau só são possíveis devido ao empenho anual da Diretoria e dos formandos, para que a colação de grau seja realizada no Gramadão Central”.
Além disso, Dourado Neto comentou a importância dessas realizações na Esalq. “É uma enorme satisfação receber cerca de duas mil pessoas nessas ocasiões, pois não são só o Ensino e a Pesquisa fazem parte da missão da Escola. As atividades na Área de Extensão são mais um dos encargos dessa nossa Instituição de Ensino Superior”, finalizou.
A entrada para o espetáculo é gratuita, no entanto, como forma de colaborar com as entidades assistidas pelo Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba), a OSP solicita a doação de um quilo de alimento não-perecível. O Concerto é realizado com recursos da Prefeitura de Piracicaba, SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo) e Secretaria de Educação.
O patrocínio é da ArcelorMittal, Caterpillar, Comgás, Hyundai e Oji Papéis Especiais, o co-patrocínio do Grupo Pizzinatto e o apoio da Candura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, do Governo Federal. São parceiros Esalq/USP, Unimed Piracicaba, OYO Hotéis, Clínica Focus Endoscopia Avançada, Monte Sul, Empem, Cultura Artística e Rádio Educativa FM.
Repertório
Com arranjos de Felipe Martim Coelho, o show é dividido em três partes e tem duração estimada de 80 minutos. São 23 obras, marcadas por apresentações apenas da Banda, da Orquestra e dos dois conjuntos no mesmo palco.
O repertório traz os sucessos incluídos pela Revista Rolling Stone na lista das melhores músicas de todos os tempos, que figuraram entre as mais tocadas da Billboard ou mesmo em primeiro lugar nas paradas do mundo inteiro.
Na primeira parte, em que se apresentarão apenas os Beetles One, estão as canções "A Hard Day’s Night", "All My Loving", "Love Me Do", "Twist And Shout", "I Should Have Known Better", "Please Please Me", "Help", "I Saw Her Standing There" e "Roll Over Beethoven".
Apenas com a OSP no palco, o público confere as versões instrumentais de "Eleanor Rigby" e "Penny Lane", enquanto Beetles One e os 60 instrumentistas da Orquestra se encarregam de apresentarem, juntos, os sucessos "Yesterday", "All you need is love", "Hello Goodbye", "Strawberry Fields Forever", "I Am The Walrus", "When I'm Sixty-Four" e "A Day In The Life". As canções "Imagine", "Something", "Let It Be" e "Hey Jude" estão na última parte do Programa.
Esta é a quarta vez que a OSP recebe o convite da Esalq/USP para se apresentar no gramado em frente ao Edifício Central. No ano passado, o conjunto interpretou a Suíte Orquestral "O Quebra-Nozes", de Tchaikovsky, e tocou acompanhado do Coro do 'Projeto Guri – Polo Piracicaba'. Em 2017, a Orquestra teve Fábio Peron como solista, ao bandolim, e, em 2016, o Programa trouxe músicas de Billie Holiday, como Bebé Salvego como solista.
Saiba mais
'Concerto no Gramado em frente ao Edifício Central da Esalq/USP'
Quando - Nesta sexta-feira (17)
Horário - Às 18 horas
Entrada - Gratuita. Doe um quilo de alimento não-perecível.
Duração do espetáculo - 80 minutos