Nancy Thame
Jardins com frutíferas

Por Nancy Thame

Nancy Thame

Crédito: Divulgação

Nancy Thame

Além de belos, os jardins podem ser utilitários, mantendo ainda mais vivo o nosso contato com a natureza. Muitas pessoas gostam do Paisagismo mais interativo, em que as plantas possam representar mais do que um espaço verde. Por isso, é crescente a busca por árvores frutíferas, hortas e plantas aromáticas, que vêm sendo incorporadas aos projetos contemporâneos e criam um cenário que une prazer estético ao aconchego das memórias.
Muitas vezes, estas plantas aludem à infância, ao quintal da casa de interior e atraem pássaros. Plantar árvores frutíferas é boa ideia. São atraentes e as menores podem ser plantadas até mesmo em vasos. Jabuticaba, romã, pitanga, laranja kinkan, acerola, uva, figo e limão são as mais recomendadas para quem tem pouco espaço.
É fundamental considerar o tamanho do espaço e o porte adulto da planta para a escolha da espécie, pois sem o conhecimento do tamanho da árvore ou de suas raízes, elas podem provocar alterações no solo, danificar áreas construídas, Sistemas Hidráulicos e Elétricos.
Ultrapassada a etapa do planejamento do espaço, é preciso conhecer as necessidades das árvores frutíferas (luz, solo, irrigação). O preparo da cova também é importante, pois deve ser espaçosa e bem preparada com composto orgânico para que a planta se desenvolva bem.
Para quem pretende manter as árvores frutíferas em vasos é preciso garantir uma boa drenagem, colocando no fundo destes uma camada de argila expandida e manta, com substrato e húmus. Quando as plantas recebem boas condições de solo, insolação e circulação de ar, a incidência de pragas diminui substancialmente.
Sobram motivos para se plantar frutíferas, afinal, quem não gosta de colher frutos no pé? É um prazer ao alcance de todos e se houver mais espaço é possível utilizar espécies que frutificam em épocas alternadas.
 Mesmo quem não tem familiaridade com estas plantas vai perceber que a maioria delas não dá muito trabalho. Crescem em ambientes bem iluminados, sendo que o local escolhido deverá receber sol por mais de cinco horas.
Um bom Projeto de Paisagismo irá direcionar o uso destas plantas, levando em consideração o clima da Região, as condições do espaço e a harmonia com os outros elementos.
 Incluir algumas mudas de árvores frutíferas no jardim pode garantir, além de um visual mais colorido, inclusive pela atração de pássaros, um primeiro passo para estimular o consumo de alimentos mais saudáveis. Seu jardim pode acolher estas plantas com muita naturalidade. Basta planejar. Os sentidos agradecem.