FORÇAS POLICIAIS
Segurança: cidade terá Centro de Treinamento
A Guarda Civil lidera um projeto de integração das Forças Policiais

Por Da Redação

Segurança. Comandante Lucineide e subinspetor Milinai observam o Projeto

Crédito: Christiano Diehl Neto

Segurança. Comandante Lucineide e subinspetor Milinai observam o Projeto

Quarta-feira, 9 de outubro de 2019
A Gazeta apurou, nesta terça-feira (8), com exclusividade, que a Guarda Civil de Piracicaba lidera um Projeto de Integração das Forças Policiais e de Segurança Pública, para a criação de um Centro de Treinamento e Táticas Especiais, cujas obras deverão ser iniciadas ano que vem, em uma área do município, próxima da Usina Costa Pinto, do Grupo Raízen, junto à rodovia Piracicaba - Charqueada (SP-191), em um terreno de 110 mil metros quadrados. A sua primeira etapa será a construção de um estande de tiros (40 m x 20 m), com custo de R$ 1,2 milhão.
O prefeito Barjas Negri (PSDB) disse que esta é uma ação que está sendo viabilizada "a várias mãos", referindo-se ao empenho da Câmara de Vereadores, por meio do presidente Gilmar Rotta e dos parlamentares Maestro Johnson e Marcos Abdala.
"Também já recebemos o importante apoio do deputado estadual Alexander Muniz de Oliveira, o Alex de Madureira (PTB), que se prontificou a apresentar emenda parlamentar para garantir parte dos recursos necessários", explicou. O prefeito destacou que o deputado Roberto Morais (Cidadania) também será consultado para fortalecer uma comitiva que deverá apresentar a proposta ao secretário de Estado de Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos.
Segundo a comandante da Guarda, Lucineide Aparecida Maciel Corrêa, a proposta do centro de treinamento é em módulos, mas sua primeira etapa deverá ser iniciada ainda no primeiro semestre de 2020 com a construção do do primeiro estande de tiro, devendo demandar um Orçamento estimado em R$ 1,2 milhão. "Já temos o Projeto, a área e a reserva de parte dos recursos que sairão do Orçamento Municipal", observou a comandante.
O prefeito pretende levar a proposta para análise dos prefeitos das outras 22 cidades que compõem a Aglomeração Urbana, e também vai intensificar os contatos com os deputados estaduais e federais por São Paulo que receberam votos de eleitores da cidade, a fim de solicitar a indicação de emendas parlamentares para a efetivação da primeira e de mais etapas do Projeto, importante para a Segurança Pública de Piracicaba e Região.
Hoje em dia, já são treinados os 425 integrantes da Guarda, além de aproximadamente 1,6 mil guardas municipais da Região atendidos anualmente pelo Núcleo de Ensino a Distância da Guarda Civil, com cursos promovidos pela Secretaria Nacional de Segurança Pública - Senasp.
A finalidade é investir cada vez mais na qualificação e capacitação dos guardas civis, formando profissionais preparados e atualizados no atendimento a população, agindo em conformidade com a lei, garantindo o respeito a dignidade humana e preservação da vida.