Emílio Moretti
Embalagens criativas

Por Emílio Moretti

Emílio Moretti

Crédito: Del Rodrigues

Emílio Moretti

A falta de criatividade nas embalagens não é exclusividade de nenhuma marca, o problema está diretamente relacionado ao setor que cria o Design e o que aprova a fabricação dessas embalagens. A embalagem é a primeira coisa que consumidor repara, ainda mais quando não conhece o produto, na embalagem o consumidor já tira suas próprias conclusões a respeito, inclusive, da “qualidade”.
Uma embalagem considerada ‘feia’ ou ‘simples’ pode simplesmente passar a sensação de que o produto não vale a pena, o que não é interessante para nenhuma marca, perder vendas somente pelo Design empregado em suas embalagens é algo que deve ser resolvido o mais breve possível. Uma embalagem bem desenvolvida atrai a atenção do consumidor mesmo que seja por pouco tempo.
Para fazer um bom Design de embalagens:
1. Use padrões
Use padrões de Design para incrementar uma embalagem. Este display para ferramentas tem uma estrutura simples, mas se diferencia pelas listras interessantes no fundo.
2. Pense na experiência do usuário
Considere as ações de uma pessoa quando ela estiver interagindo com o seu produto. Neste caso, o produto é um luxuoso par de pantufas. Como é um produto requintado, ele vem dentro de uma sacolinha de tecido, colocada dentro da caixa. O comprador, ao abrir a caixa, encontra outro pacote dentro dele e, finalmente, o produto. A simples ação de criar camadas de embalagem proporciona uma nova experiência.
3. Complemente o produto
Faça com que o Design da embalagem complemente o produto. Este pacote parece simples e natural, como o seu conteúdo. Você pode ver o produto dentro da embalagem antes de realizar a compra, dando a impressão de transparência e de orgulho do que está sendo vendido.
4. Faça diferente
Se você tem um produto que muitas outras pessoas também produzem, tente mostrá-lo de maneira inovadora. Esta embalagem de mel deu um passo na direção certa ao usar uma caixa feita de cera de abelha, deixando de lado o típico recipiente de plástico ou de vidro. E o melhor de tudo: após usar o produto, você pode virá-lo de ponta-cabeça e usá-lo como vela. Você pode queimar o pacote, fazendo com que o produto se torne completamente livre de desperdícios.
5. Use texturas
Em vez de usar somente textura visual, use também uma textura palpável. Pessoas vão interagir fisicamente com a sua embalagem, então atraia o toque, não apenas a visão. Esta série de embalagens de repelente usa textura na base de cada frasco.
6. Considere a parte de dentro
A parte externa da embalagem deve ser interessante, mas e a parte de dentro? Se o seu produto possui múltiplas peças, mostre cada uma delas separadamente. Esta embalagem de ioiô possui pequenas divisórias para cada peça do brinquedo, e todas elas se encaixam perfeitamente dentro dos compartimentos. As cores do produto têm relação com as cores da caixa, formando uma composição bacana.
7. Sirva para outro propósito
Ser sustentável é uma ótima maneira de fazer as pessoas gostarem da sua marca. Um jeito de fazer isso é dando à embalagem do seu produto um propósito diferente. Estas garrafas parecem embalagens normais de produtos de limpeza; mas quando você interage com elas, percebe que elas não são feitas de plástico. Elas são garrafas de porcelana, e a intenção é fazer com que você reutilize as embalagens depois que o produto acabar.
8. Brinque com os sentidos
Tente utilizar todos os sentidos de seu cliente através da embalagem, se você puder. A sensação de toque é reproduzida nesta embalagem de lençol. Pequenas peças foram inseridas dentro da embalagem antes de ela ser fechada a vácuo, criando um efeito 3D, em relevo. É interessante não só para os olhos, mas também para as mãos.