REDE MUNICIPAL
Censo aponta 19.324 crianças matriculadas
Estudo confirma o aumento de 757 novos alunos

Por Da Redação

Rede Municipal. Crianças se divertem em uma das escolas da cidade

Crédito: Divulgação

Rede Municipal. Crianças se divertem em uma das escolas da cidade

Quarta-feira, 12 de junho de 2019
O total de alunos matriculados nas Escolas Municipais teve nova alta, em maio. Números do Censo Escolar 2019 confirmam mais crianças nas Creches Municipais e nas Escolas de Ensino Fundamental. No total, 757 novos alunos foram inseridos na rede municipal de Educação Básica em relação ao número de alunos em maio de 2018.
Atualmente, as Escolas Municipais de Educação Infantil atendem a 19.324 crianças de zero a cinco anos de idade, 445 a mais que as 18.879 crianças atendidas em 2018. O crescimento no número de alunos nas creches e pré-escolas é equivalente à construção de duas novas escolas no período.
No Ensino Fundamental I, a expansão do número de matriculados também foi expressiva. Em maio de 2018 havia 16.677 crianças nesta etapa de Ensino nas Escolas Municipais. Atualmente, esse número subiu para 16.989. São mais 312 crianças atendidas.
De acordo com a chefe do Departamento de Planejamento da SME (Secretaria Municipal de Educação), Nély Guidolin Lima, o trabalho para ampliar a capacidade de atendimento da Rede é constante. "É um trabalho que acontece o ano inteiro", disse.
Desde 2016, quando as Escolas Municipais de Educação Infantil atendiam 17.764 crianças, a alta no número de atendimento foi de 8,88% ou mais 1.581 crianças atendidas. Esse número equivale à construção de seis escolas com capacidade para 250 crianças, cada.
No Ensino Fundamental, em 2016, havia 16.582 crianças de seis a 10 anos de idade matriculadas nas Escolas Municipais, número que saltou para 16.989 crianças em maio deste ano, ou seja, mais 407 crianças foram matriculadas nessa etapa de Ensino no período.
"Tão importante quanto gerar novas vagas, é manter a qualidade de Ensino das nossas Escolas Municipais, qualidade que é atestada por diversos índices. Essa é a meta que vamos continuar a perseguir, que é oferecer Educação de qualidade para as crianças atendidas pela nossa Rede", disse a secretária municipal de Educação, Ângela Jorge Corrêa.
Mais escolas
Neste ano, está em andamento a construção da Escola de Ensino Fundamental no Conjunto Habitacional 'Vida Nova', Região do bairro Gran Park. A Unidade vai oferecer 780 vagas para crianças de seis a 10 anos de idade. A obra é resultado de parceria da Prefeitura de Piracicaba, que cedeu o terreno, com o Governo Federal, que constrói a Escola com recursos do FAR (Fundo de Arrendamento Residencial).
Também está autorizada no mesmo bairro a construção de uma Escola de Educação Infantil com 150 vagas para crianças de zero a cinco anos de idade. O investimento será de R$ 1,9 milhão e o repasse será feito pelo governo do Estado por meio da FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação). O terreno para construção da Escola também foi cedido pela Prefeitura. Essa, será a 90ª EMEI do município.
Ainda neste ano, o prefeito Barjas Negri (PSDB) anunciou a construção de uma Escola de Educação Infantil no bairro Tatuapé com 150 vagas. Para essa obra, que está orçada em R$ 2,3 milhões, os recursos são do próprio município.
Gerando Empregos
Para atender a demanda da expansão da oferta de vagas e para reposição de funcionários, a Prefeitura vai criar 225 cargos estatutários na Rede Municipal de Educação. Projeto de lei com essa finalidade foi aprovado na Câmara de Vereadores no começo do mês passado. As vagas serão preenchidas, gradativamente, por meio de concurso público.
Mais investimentos
Para ofertar mais vagas, a Prefeitura constrói, encampa e amplia Unidades Escolares. Neste ano, encampou a Creche 'Marshlea Dawsey', no bairro Nova América. Até dezembro de 2018, a Unidade era administrada pela AMAS (Associação Metodista de Ação Social). Ao assumir a gestão da Creche, a Prefeitura revitalizou o prédio com reparos e pintura nova. A Unidade tem capacidade para atender cerca de 100 crianças.
No ano passado, a Prefeitura encampou a EM 'Ada Dedini Ometto', situada no bairro Vila Rezende. Até 2017, a Escola era administrada pela Savire (Sociedade Amigos da Vila Rezende).
A Unidade, que atendia 38 crianças, das quais a maioria em Bolsa-Creche, teve capacidade ampliada para mais de 100 crianças a partir de 2018. Atualmente, atende 171 crianças. Já a EM 'São Vicente de Paulo' teve a segunda etapa da obra de ampliação concluída em 2018. A Escola atende, atualmente, 532 crianças de zero a cinco anos de idade.