PAULISTÃO DA SÉRIE A-2
XV empata
Alvinegro e Inter voltarão a se encontrar no sábado (20), no 'Barão'

Por José Ricardo Ferreira

Um dos lances do jogo

Crédito: Michel Lambstein

Um dos lances do jogo

Segunda-feira, 15 de abril de 2019
Com grande presença de quinizistas no Estádio 'Major José Levy Sobrinho', em Limeira (SP), XV de Piracicaba e Inter empataram, sem gols, no último sábado (13), em jogo válido pela semifinal do Paulistão da Série A-2. Os dois voltarão a se encontrar no sábado (20), no Estádio 'Barão de Serra Negra', às 19 horas, na última e decisiva partida. Quem vencer conseguirá o acesso para o Paulistão da Série A-1, de 2020. O empate levará o jogo para os pênaltis.
Também, no último sábado, o Santo André levou a melhor em casa e venceu, por 2 a 0, o Água Santa, no Estádio 'Bruno José Daniel'. O último jogo será no Distrital Inamar, no próximo domingo (21), às 11 horas, na casa do time derrotado, em Diadema (Grande São Pedro).
O jogo
Com o campo molhado por causa da chuva, os 45 minutos iniciais foram obviamente tensos por ser a primeira partida na luta pelo acesso.Quem chegou primeiro com chances, porém, foi a Inter aos oito minutos. A defesa quinzista afastou mal e o meio-campo Nata bateu, a bola resvalou em Robertinho e foi para fora com perigo. Aos 14 minutos, o XV quase marcou. O meio-campo Misael bateu falta de longa distância e a bola carimbou a trave de Moisés, colocando em pane a defesa da Inter.
O jogo seguia bastante movimentado com o XV bem no sistema defensivo e o Leão pressionando. Aos 26 minutos, Kadu Barone serviu Macena, dentro da área. O atacante finalizou mascado, mas assustou Moisés. Melhor tecnicamente, o XV dominava a partida, mas não conseguia chutar a gol. Jogo tenso, aos 38 minutos, os laterais Robertinho, do XV, e Alison, da Inter, discutiram, mas os demais jogadores chegaram para acalmar os ânimos.
Aos 39 minutos o atacante Jorge Elias ajeitou de bicicleta e Chumbinho emendou de primeira, mas a zaga do XV afastou. Embora com bom volume de jogo, a bola não chegava para os atacantes quinzistas Macena e Ronaldo. Aos 46 minutos, Ronaldo marcou após cabeçada de Macena e rebote de Moisés. Mas a arbitragem viu impedimento, frustrando a comemoração dos piracicabanos no último lance do primeiro tempo.
Ainda sob chuva, os dois times retornaram sem alterações para o segundo tempo e a Inter voltou melhor. Aos sete minutos, o zagueiro Jean Pablo recebeu na ponta direita e cruzou. A bola ficou viva na área quinzista até Douglas Marques dar um bico. Aos 11 minutos, Macena, com dores na coxa, foi substituído pelo meio-campista Cássio Gabriel.
A Inter do técnico João Vallim buscava sufocar o XV de Tarcísio Pugliese. Mas com o passar do tempo, os dois times já demonstravam cansaço devido ao campo pesado. Aos 25 minutos, Tarcísio sacou o atacante Misael e colocou o veloz atacante Bruninho.
A Inter quase derrubou a casa do XV, aos 28 minutos. O meio-campista Chumbimho completou cruzamento de primeira e quase marcou exigindo difícil defesa de Luiz Fernando. Aos 31 minutos, Tarcísio sacou o atacante Kadu e colocou Andrei na frente. Aos 38 minutos, Chumbinho mandou uma bomba que raspou o travessão de Luiz Fernando.
Aos 41 minutos, novo perigo na área quinzista. Elvis cobrou falta e Luiz Fernando saiu de soco afastando o perigo. No abafa, o Leão buscou a todo custo o gol para sair na frente no primeiro jogo. Mas o XV continuou bem postado na defesa e conseguiu garantir um importante empate para decidir o seu destino no 'Barão'.
Ficha técnica
0 Inter de Limeira - Moisés, Alison, Oliveira, Jean Pablo e Malcoon; Marquinhos, Nata, Elvis e Chumbinho (Michel); Tcharlles e Jorge Elias (Clebinho) (Mael). Técnico: João Vallim
0 XV de Piracicaba - Luiz Fernando, Jefferson Feijão, Gilberto Alemão, Douglas Marques e Robertinho; Fraga, Walfrido e Misael (Bruninho); Raphael Macena (Cássio Gabriel), Kadu Barone (Andrei) e Ronaldo. Técnico: Tarcísio Pugliese
Cartões amarelos - Jefferson Feijão. Misael, Bruninho (XV), Alison, Malcoon. Jean Pablo (Inter)
Árbitro - José Cláudio Rocha Filho
Local - Estádio Municipal 'Major José Levy Sobrinho', em Limeira (SP)
Público - 7.406 pagantes
Renda - R$ 134.795,00.