TÊNIS MUNDIAL
Nadal venceu e avança às quartas, em Indian Wells
Antes disso, ele ainda estreou despachando o casaque Kukushkin

Por Estadão Conteúdo

O tenista Rafael Nadal

Crédito: Sean M. Haffey/AFP

O tenista Rafael Nadal

Na terceira vitória tranquila em três jogos em sua campanha, Rafael Nadal se garantiu nas quartas de final do Masters 1000 de Indian Wells, ao vencer o sérvio Filip Krajinovic por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, nos Estados Unidos. Cabeça de chave número 2 da importante competição realizada em quadras duras, o tenista espanhol assim também encerrou a surpreendente sequência de Krajinovic, que saiu do qualifying e na chave principal desbancou o favoritismo do belga David Goffin e do russo Daniil Medvedev, respectivos 20º e 14º pré-classificados, nas duas rodadas anteriores.
Antes disso, ele ainda estreou despachando o casaque Mikhail Kukushkin. Desta vez, pelas oitavas de final, o atual 113º colocado do ranking da ATP chegou a conquistar uma quebra de saque no primeiro set, mas o tenista número 2 do mundo controlou bem as ações e aproveitou as duas chances que teve de ganhar games no serviço do rival para encaminhar o seu triunfo em apenas uma hora e 26 minutos.
Nadal estreou em Indian Wells direto na segunda rodada e arrasou o norte-americano, Jared Donaldson, e o argentino, Diego Schwartzman, nas suas duas primeiras partidas em Indian Wells, cedendo um total de apenas seis games aos rivais nestes dois duelos. Com o novo triunfo tranquilo, o espanhol se credenciou para encarar nas quartas de final o ganhador do confronto entre o norte-americano John Isner e o russo Karen Khachanov, previsto para ser realizado também nesta quarta-feira.
No outro único duelo já encerrado no dia pela chave de simples masculina em Indian Wells, Miomir Kecmanovic, outra surpresa sérvia, contou com a desistência do japonês Yoshihito Nishioka, por motivo de lesão, após vencer o primeiro set por 6/4. Assim, o atual 130º tenista do mundo também foi às quartas de final e terá como próximo rival o ganhador do jogo entre o canadense Milos Raonic e o alemão Jan-Lennard Struff.