LUTO NA ESTRADA
Mais uma morte ocorrida na rodovia SP-304
O motorista de um VW Gol atingiu em cheio a lateral da EcoSport

Por José Ricardo Ferreira

Local onde aconteceu o acidente

Crédito: Divulgação

Local onde aconteceu o acidente

Terça-feira, 12 de fevereiro de 2019
Uma mulher de 70 anos de idade, Ines Araujo Crepaldi, moradora em São Pedro (SP), morreu vítima de um acidente de trânsito na rodovia Geraldo de Barros (SP-304) no sentido Piracicaba - São Pedro, por volta das 17 horas do último domingo (10). As informações oficiais foram divulgadas nesta segunda-feira (11). O acidente aconteceu na rotatória do bairro Parque Piracicaba (quilômetro 171), onde um veículo VW Gol, dirigido por um homem de 33 anos de idade, e alcoolizado, atingiu em cheio a lateral da EcoSport. Neste carro, estava a vítima fatal.
A EcoSport era conduzida por uma mulher, que não se feriu. Além de Inês, mais três passageiros estavam no veículo. Todos se feriram. Duas vítimas têm 70 anos de idade e outra, 72 anos de idade. A pessoa de 72 anos de idade continuava internado no Hospital dos Fornecedores de Cana, na tarde desta segunda-feira.
De acordo com o Boletim de Ocorrência 667/2019, testes de bafômetro confirmaram que o motorista do VW Gol, com placas de Piracicaba, e morador no distrito de Santa Teresinha, estava alcoolizado, "mas não embriagado". Nesta segunda-feira, o corpo de Ines foi velado no Cemitério Municipal 'Parque São Pedro'. O sepultamento ocorreu na mesma cidade.
No Plantão Policial, o condutor do VW Gol disse que era diabético e, provavelmente, a insulina que ele usa teria alterado a quantidade de álcool em seu sangue. O teste de bafômetro indicou 0,52 miligramas de álcool por litro de ar alveolar no condutor. A margem de tolerância, conforme a Lei Seca, é de 0,04 miligramas. A partir de 0,05 miligramas, a infração é gravíssima.
Após prestar depoimento, o homem ainda foi submetido a testes clínicos por uma médica legista e foi liberado. O caso deve ser enquadrado como homicídio culposo (sem intenção de matar) na direção de veículo. Desde a última quarta-feira (6), até o domingo (10), aconteceram três mortes nas rodovias da região. Duas na rodovia Geraldo de Barros (SP-304), incluindo a de domingo, e uma na Rodovia dos Bandeirantes.
Na quarta-feira passada, morreu a estudante piracicabana, Patricia Santana dos Santos, 18 anos de idade. Ela bateu a sua moto na traseira de um carro e caiu na pista na Geraldo de Barros e foi atingida por um caminhão. Na Bandeirantes, em Santa Bárbara d’ Oeste (SP), o contador Diego Furlan Escobar Gimenes, 33 anos de idade, também piracicabano, morreu após perder o controle do seu veículo, invadir a pista contrária e ser atingido por outro carro.
Passou as mãos
Um homem de 71 anos de idade passou as mãos nas pernas de uma mulher, de 36 anos de idade, e foi detido pela Guarda Civil por volta das 16h30 desta segunda-feira, dentro de um ônibus que faz a linha Centro-bairro Vila Fátima. De acordo com os guardas civis, Cristina e Elias, a vítima reagiu à atitude do homem e pediu para que ele parasse com aquele ato.
Porém, ele continuou e teria dito que poderia passar as mãos pois era um “homem idoso”. A mulher então deu um tapa em seu rosto e se levantou do banco. Ao chegar o TCI-Centro, ela procurou a ajuda policial. A Guarda Civil o localizou dentro do Terminal e o encaminhou ao Plantão Policial. O boletim seria lavrado como assédio sexual. O homem ficou detido à espera do delegado de plantão.
Filho ameaça mãe
Uma dona de casa de 43 anos de idade procurou a Polícia no final de semana, se queixando de que o filho de 14 anos de idade a tem ameaçado frequentemente. Ela disse que o adolescente se recusa a obedecê-la e não quer estudar. O caso foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher.