GASODUTO NO MÉXICO
Sobe para 89 número de mortos em explosão
Feridos estão internados em diferentes hospitais, segundo o presidente

Por Agência BrasiI

O momento da tragédia

Crédito: Veronica Monroy/Reuters/Direitos Reservados

O momento da tragédia

O ministro da Saúde do México, Jorge Alcocer Varela, informou que subiu para 89 o número de mortos em decorrência da explosão em um oleoduto da Petróleos Mexicanos (Pemex) em Tlahuelilpan, no Estado de Hidalgo, há três dias. Em relação aos feridos, o total chega a 51. As vítimas sofrem com queimaduras, segundo as autoridades.
O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse que os feridos estão internados em diferentes hospitais, sendo que houve uma transferência para unidade especializada em tratamento de queimados em Galveston, Texas, Estados Unidos. A explosão ocorreu no momento em que várias pessoas tentavam furtar combustível de dutos. A suspeita é que o acidente foi motivado pela perfuração dos dutos. Havia mulheres e crianças no local.
Por ordem do presidente do México, o procurador-geral da República, Alejandro Gertz Manero, comandará as investigações sobre a explosão. (Com informações da Notimex, Agência Pública de Notícias do México).