O CICLO DE BROTAR
Exposição 'Efêmeros' será aberta nesta sexta-feira
A Mostra propõe um passeio pelo ciclo da vida

Por Da Redação

A artista Maíra Carvalho: 'a flor, objeto tão sensível, nos faz refletir'

Crédito: Talita Schiavon

A artista Maíra Carvalho: 'a flor, objeto tão sensível, nos faz refletir'

Quinta-feira, 11 de outubro de 2018
A artista Maíra Carvalho abrirá, nesta sexta-feira (12), às 19 horas, no Metrópolis Café, a Exposição 'Efêmeros'. A Mostra poderá ser visitada ate o dia 20 de outubro. Com técnica sanguínea e flores sobre papel, a Mostra 'Efêmeros' discute, enquanto mensagem, a efemeridade (caráter transitório, passageiro, temporário), propondo uma relação entre o significado da palavra em si, o período de murchamento de uma flor e questões do feminino como beleza e pureza. Propõe um passeio pelo ciclo da vida, exaltando a importância do cuidado e respeito da mulher consigo mesma.
As flores, ao completarem seu ciclo de brotar, florescer e murchar simbolizam a inconstância e a efemeridade da vida, explica. A flor também é símbolo da beleza feminina, pureza, ciclo da vida e, quando aberta, remete à juventude.
“Enquanto plasticidade me interessa observar a transformação das cores e da textura durante o processo de murchar e secar (de uma flor), o caráter frágil que adquirem e a beleza que prevalece do começo ao fim”. Os trabalhos relacionam as flores e o corpo feminino.
“Já fazia estudos de desenho nu quando a primeira flor, a tulipa, chegou como um presente. Depois desta, todas as outras. Como suporte para as obras foi utilizado papel, sobre o qual desenhei com lápis sanguínea as silhuetas femininas”, explicou. A ideia era neutralizá-las ao máximo para que o foco fossem as flores. As silhuetas são praticamente as mesmas, quase não variam em forma ou posição.
“As flores, que chegavam até mim logo após se desprenderem de seu caule, foram coladas no papel no lugar da genitália. Algumas utilizei inteiras como as orquídeas. Outras separei algumas pétalas e organizei delicadamente, como a tulipa. Uma vez coladas no papel elas foram murchando e secando, e comecei a fotografá-las”.
Serviço
'Efêmeros'
Abertura - Nesta sexta-feira (12).
Horário - Às 19 horas.
Onde - No Metrópolis Café, localizado à rua Alferes José Caetano, 1.048.
Visitação - A Mostra poderá ser visitada até o dia 20 de outubro.