XV DE PIRACICABA
Garotos vão longe
As bases do time eúnem 90 jovens, com idades entre 13 e 20 anos

Por José Ricardo Ferreira

Bruninho fez dois gols pela A-2 esse ano: jogador foi para o Sampaio (MA)

Crédito: Del Rodrigues

Bruninho fez dois gols pela A-2 esse ano: jogador foi para o Sampaio (MA)

Segunda-feira, 16 de abril de 2018
A base do XV de Piracicaba conta com sete jogadores em equipes grandes do País, segundo o coordenador das categorias de formação do clube, Matheus Bonassi Semmler. São atletas que participaram de testes nos últimos dois anos e foram aprovados. Caso os clubes fiquem com eles, o XV poderá faturar com isso. Mais tarde, se esses jogadores forem transferidos para outras agremiações ou para o Exterior, o XV também terá direito a percentuais em dinheiro.
As bases do XV reúnem 90 adolescentes com idades entre 13 e 20 anos, sendo 70% de Piracicaba. São as categorias sub-20, 17 e 15 que estão disputando o Campeonato Paulista da categoria. Os zagueiros Kaio e Caique e o goleiro Mateus estão nas categorias de base do Palmeiras.
Caique, 17 anos de idade, e Mateus, 16 anos de idade, estão há dois anos no Alviverde. Kaio, 18 anos de idade, foi na semana passada. Dois garotos estão no Grêmio (RS) há um ano: atacantes Bruno Moraes, 19 anos de idade, e João Henrique, 18 anos de idade. O zagueiro Carlos Eduardo, 17 anos de idade, busca o futuro no Corinthians esse ano. Já o goleiro Gabriel, 16 anos de idade, está há seis meses na Ponte Preta.
Matheus lembra que o foco das categorias de base é formar talentos que sejam úteis para o próprio clube e, obviamente, também para negociações. Além disso, em outros clubes, eles ganham também mais experiências em todos os sentidos, dentro e fora de campo. Ele disse ainda que observadores acompanham os treinos e jogos das bases. Gostando, procuram o XV para uma parceria. Os clubes ficam responsáveis pelos atletas.
O XV tem o Certificado de Clube Formador, por isso o atleta tem vínculo legal com o Alvinegro e em qualquer negociação o XV é prioridade. Não ocorre mais como no passado quando um prata-da-casa poderia ir embora sem dar nenhuma satisfação. “Em uma negociação, o XV terá compensação financeira”.
O coordenador lembrou que garotos da base estiveram à disposição do time principal esse ano no Campeonato Paulista da Série A-2. Os laterais Rubens Carvalho e Danilo Melega, os atacantes Bruninho, Hugo e Erisson, o volante João Pedro e o goleiro Rander, fizeram parte do time. Bruninho foi emprestado para o Sampaio Correa e disputará o Brasileiro da Série B.