RODOVIA SP-304
Duplicação está pronta para ser inaugurada
Dados indicam que o volume diário médio é de 12 mil veículos/dia

Por Adriana Ferezim

A Conter confirmou a conclusão das obras, que, nesta etapa, tiveram investimento de R$ 25 milhões

Crédito: Christiano Diehl Neto

A Conter confirmou a conclusão das obras, que, nesta etapa, tiveram investimento de R$ 25 milhões

Segunda-feira, 5 de março de 2018
Estão concluídas as obras de duplicação da rodovia Geraldo de Barros (SP-304) entre o distrito de Ártemis, no quilômetro 179, e São Pedro (SP), no quilômetro 189. O término dos serviços foi anunciado pela Construtora Conter. Na última semana, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que a obra já estava 99,70% concluída e que estavam ocorrendo alguns serviços de sinalização.
A inauguração oficial está prevista para os próximos dias, com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB). A Construtora Conter concluiu a maior parte dos serviços na rodovia no final de novembro do ano passado.
"Deixamos para esse início de ano o reforço e o término da sinalização das pistas e de plantio de grama das áreas laterais e canteiro central da rodovia", informou o gerente-comercial da empresa, Luiz Roberto Camargo. A Conter tinha prazo contratual para entregar a duplicação até abril, 12 meses após a assinatura do contrato. 
Dados do DER indicam que o volume diário médio de tráfego nessa pista é de 12 mil veículos por dia. O investimento do Estado nessa última etapa foi de R$ 25 milhões, disse o DER. Antes de a empresa Conter assumir os trabalhos, muitos acidentes, alguns com mortes ocorreram no trecho em obras, que ficou parado.
Atrasos
A luta para a realização da duplicação começou em 2007, quando um abaixo-assinado, elaborado pela Gazeta, mobilizou moradores e autoridades das cidades de Piracicaba, São Pedro e Águas de São Pedro, incluindo as Prefeituras, as Câmaras de Vereadores, as associações comerciais dos três municípios, o deputado estadual Roberto Morais (PPS) e a rádio Onda Livre FM. Foram coletadas cerca de 42 mil assinaturas, que foram entregues ao então governador José Serra (PSDB).
Em 2011, durante a entrega da ponte sobre o ribeirão Araquá, em Águas de São Pedro (SP), Alckmin anunciou que o governo faria a duplicação do trecho de 10 quilômetros entre o distrito de Ártemis, em Piracicaba e São Pedro, na altura do entroncamento com a estrada municipal de acesso à Fazenda Limoeiro.
A Construtora Técnica iniciou os trabalhos em agosto de 2014. Após a contratação ficou suspensa por quase um ano. A licitação previu dois lotes de obras, a duplicação de 10 quilômetros e melhorias como instalação de acostamento no trecho entre Águas de São Pedro e São Pedro.
A empresa concluiu o lote entre Águas e São Pedro. Realizou 50,37% da duplicação do trecho entre Ártemis e São Pedro, mas abandonou as obras no final de 2016, quando o DER rescindiu o contrato e convocou a Conter, que era a segunda colocada na licitação.