ESTUDO DO IBGE
Volume de Serviços cresce 1% de outubro a novembro
A alta veio depois de duas quedas do setor, ainda em 2017

Por Agência Brasil

Cinco dos seis segmentos de Serviços pesquisados tiveram aumento

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Cinco dos seis segmentos de Serviços pesquisados tiveram aumento

O volume do setor de Serviços cresceu 1%, no País, de outubro para novembro de 2017, segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta veio depois de duas quedas do setor: de 0,8% em outubro e de 0,1% em setembro.
Nos outros tipos de comparação temporal, os Serviços tiveram quedas de 0,7% na comparação com novembro de 2016, de 3,2% no acumulado do ano e de 3,4% no acumulado de 12 meses.
Cinco dos seis segmentos de Serviços pesquisados pelo IBGE tiveram aumento de outubro para novembro. Três deles acusaram alta de 0,9%: Serviços prestados às famílias, Serviços de Informação/Comunicação e as atividades turísticas.
Transportes e Correios têm alta de 0,6%
Os Serviços de Transportes e Correios tiveram alta de 0,6% e os Serviços Profissionais, Administrativos e Complementares, de 0,2%. Já os outros Serviços mantiveram, em novembro, o mesmo volume de outubro. 
A receita nominal do setor de Serviços teve alta nos quatro tipos de comparação temporal: 1,2% de outubro para novembro, 4,3% na comparação com novembro de 2016, 2,3% no acumulado do ano e 1,9% no acumulado de 12 meses.