PRESENÇA DE ALCKMIN
Fumep conquista doação de área
Chefe do Executivo estadual assinará decreto na próxima terça-feira

Por Adriana Ferezim

No aniversário de 50 anos, Fumep conquista a doação da área que ocupa do Estado

Crédito: Antonio Trivelin

No aniversário de 50 anos, Fumep conquista a doação da área que ocupa do Estado

Sexta-feira, 6 de outubro de 2017
Depois de mais de uma década de luta, e no dia que comemorou 50 anos, a Fundação Municipal de Ensino (Fumep), ganhou de presente do governador Geraldo Alckmin (PSDB) a doação da área que ocupa desde a sua fundação, de 240 mil metros quadrados e que fazia parte da Fazenda Areão, do Estado. O decreto será assinado na próxima terça-feira (10), quando Alckmin participará da abertura do evento 'EsalqShow', na Escola Superior Luiz de Queiroz (Esalq/USP).
A doação foi anunciada pelo prefeito Barjas Negri (PSDB) e pelo deputado estadual Roberto Morais (PPS), que entregou uma homenagem da Assembleia Legislativa para a instituição, nesta quinta-feira (5), durante a solenidade de aniversário. Eles destacaram a atuação política para que essa reivindicação antiga pudesse ser concretizada.
O presidente do Conselho de Curadores da Fumep, Wilson Tietz, e o diretor-executivo da Fundação, Antônio Carlos Copatto, ressaltaram que a medida era muito aguardada pela comunidade acadêmica.
"A área passando a ser da fundação, teremos a escritura, o que permitirá estabelecer convênios para investimentos, sempre com o objetivo de melhorar a qualidade do Ensino. Inclusive a falta da escritura da área era uma cobrança do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que questionava as construções que aprovamos e que foram necessárias para o crescimento da instituição, reconhecida como uma das melhores do País", afirmou Tietz.
Copatto ressaltou que a medida trará mais segurança. "Com o terreno próprio conseguiremos desenvolver mais projetos e parcerias. Sem a propriedade, até para obter laudo de aprovação das estruturas dos bombeiros era mais burocrático. Já temos também novos projetos em andamento, que ganham mais força. Um deles é que o Conselho Estadual de Educação deverá aprovar o novo curso de Ciências Contábeis. Outros cursos também estão em discussão no Conselho de Curadores", afirmou.
As unidades que compõem a Fumep são a Escola de Engenharia de Piracicaba (EEP), Centro de Pós-graduação da EEP/Fumep (CPG), o Colégio Técnico de Piracicaba (Cotip) e o Centro de Educação Profissional de Piracicaba (CEEP).
O diretor-acadêmico da EEP e do CPG, José Carlos Chitolina, ressaltou os nove cursos de graduação, 10 de pós-graduação, cinco técnicos mais o Ensino Médio e 25 profissionalizantes que a instituição oferece e seu trabalho de inovação permanente. "Vamos lançar, neste mês, o primeiro aparelho 3D do País que simula uma corrida Baja (principal competição universitária de Engenharia). Ele foi totalmente desenvolvido pelos professores, alunos e funcionários", disse.
Homenagens e reconhecimento
Na solenidade, 13 pessoas, entre autoridades, docentes, funcionários, alunos e ex-alunos foram homenageados. Entre eles, a filha do ex-prefeito Luciano Guidotti, autor da lei que criou a Fumep, Lúcia Cristina Guidotti Castro. O evento contou com apresentação do Coral Luiz de Queiroz, com regência de Cintia Pinotti.
O prefeito Barjas Negri ressaltou que a Fumep é uma boa instituição de Educação do Interior. "Sempre teve também boa gestão, tem independência financeira, com responsabilidade de uma instituição pública. São poucas unidades como essa no país", afirmou.
O professor da Esalq, José Vicente Caixeta, disse que a Fumep é um orgulho de Piracicaba. "Tem excelentes profissionais de ensino e está forte no setor de pesquisas". O presidente da Associação dos Fornecedores de Cana de Piracicaba (Afocapi), José Coral, ressaltou que a fundação é a "menina dos olhos de Piracicaba".