COPA PAULISTA
Voltar a vencer
Nesta sexta-feira (6), o time jogará no Barão, contra a Portuguesa

Por José Ricardo Ferreira

Os treinos têm se intensificado nos últimos dias

Crédito: Del Rodrigues

Os treinos têm se intensificado nos últimos dias

Sexta-feira, 6 de outubro de 2017
Após um período de 10 partidas invictas, o XV de Piracicaba perdeu em casa para o São Paulo no dia 27 de setembro e empatou, na rodada passada, com a Portuguesa, em São Paulo (SP). A equipe, sob o comando do técnico Evaristo Piza, receberá novamente a Lusa, no início do segundo turno da Copa Paulista, nesta sexta-feira (6), logo mais às 20 horas, e precisa vencer para não se complicar no torneio.
Outra questão em jogo é que o time não vence no Estádio Barão de Serra Negra desde o dia 26 de agosto, quando bateu o Noroeste por 2 a 1 na primeira fase. Desde então fez mais três jogos em casa e não conseguiu sucesso empatando duas vezes e perdendo uma partida.
O XV é o segundo colocado no Grupo 4, com quatro pontos ganhos (1V, 1E e 1D). A Lusa lidera com cinco pontos. Quem vencer dará um passo importante para se classificar à fase de mata-mata. Os ingressos para o jogo custam R$ 20,00 (sociais) e R$ 10,00 (gerais).
Piza não contará com o zagueiro Marcão. Ele sentiu dores na panturrilha durante o jogo contra o São Paulo e não treinou. Outra dúvida é com o também zagueiro Doni, com dores lombares. A tendência é que Hugo volta à zaga após se recuperar de lesão. Rodrigo que vem atuando como volante voltaria à sua posição de origem, na zaga. No ataque, Rafael Gomes deve ressurgir como titular – no empate com a Lusa ele entrou no segundo tempo.
Piza está otimista pois uma vitória dará a liderança para a equipe. Nesta quinta-feira (5), na coletiva de imprensa, disse que ele e o elenco não estão preocupados com a série de três jogos sem vencer no Barão. O foco são os três pontos em casa. Ele aproveitou a semana para corrigir erros e conversar com o elenco. “Ter o controle do jogo. A posse de bola para correr menos e menos ansiedade”, disse.
Outro assunto foi a falha do goleiro Mateus que levou a Lusa a fazer o gol de empate no Canindé. Ele fez um lançamento nos pés do atacante Queiroz que fez um gol por cobertura. “Confiamos nele. É o capitão da equipe”. Piza disse que o momento é de total apoio ao arqueiro quinzista.
Em relação à Lusa, Piza espera um jogo bastante acirrado. “Da mesma forma como foi lá. Do mesmo jeito que fomos atrás do resultado positivo fora de casa, eles também virão aqui. Assim como nós, eles têm uma camisa pesada e precisam conquistar o título para voltarem a disputar a Série D”, declarou.