COPA PAULISTA
XV faz quatro alterações
Sistema defensivo e ataque sofrerão mudanças

Por José Ricardo Ferreira

O atacante Tito, durante coletivo realizado no Barão, nesta quinta-feira

Crédito: Del Rodrigues

O atacante Tito, durante coletivo realizado no Barão, nesta quinta-feira

Sexta-feira, 11 de agosto de 2017
O XV de Piracicaba entrará em campo neste sábado (12) contra o Penapolense, fora, com pelo menos quatro alterações. Na lateral direita entra Crystian no lugar de Gilson, na esquerda Samuel no posto de Pedrinho, na zaga Pablo Rocha no lugar de Lucas Cunha e no ataque, Rafael Gomes no posto de Danilo Melega. Nos dois primeiros casos, os titulares estão no Departamento Médico fazendo tratamento por causa de dores na coxa. Gilson e Pedrinho nem treinaram essa semana.
Na zaga, Lucas Cunha levou o terceiro cartão amarelo na rodada anterior e cumpre suspensão automática. No ataque, Rafael Gomes cumpriu suspensão e volta a ser titular. Pelo menos foram as mudanças ocorridas no coletivo-apronto realizado na tarde desta quinta-feira (10), sob o comando do técnico Evaristo Piza, no estádio Barão de Serra Negra. O XV lidera o Grupo 1, com 13 pontos ganhos.
Mesmo antes do coletivo, Piza não escondeu que essas seriam as prováveis mudanças. Na zaga, porém, abriu possibilidade de Pablo ou Hugo. Ele também deixou em aberto a possibilidade de colocar mais um jogador de meio campo para melhorar a marcação.
Em relação ao meia Alex Willian, recém-contrarado, Piza disse que o jogador treinou sem dificuldades na quarta-feira. Porém, Piza acha melhor não força-lo a jogar 90 minutos, talvez para meio tempo. Ontem o jogador voltou a treinar normalmente.
Evaristo está satisfeito com o rendimento da equipe e disse, nesta quinta-feira (10), que a cada treino e jogo conhecendo melhor o elenco. Os resultados positivos, disse, ajudam o time a se entrosar. Para Piza, o time precisa se manter focado em um futebol competitivo com transições rápidas e sempre pensando em fazer ajustes para melhorar a qualidade do time.
O XV vem de três jogos com vitórias. Para Piza, conseguir se distanciar na classificação é essencial para avançar sem dificuldades à segunda fase. Mas em Penápolis não será nada fácil pois o campo é pesado e a viagem é longa, segundo disse ele. “Se não ganhar, não perder e fazer um grande jogo”.
Recuperação
O zagueiro Doni e o atacante Bruno Aquino se recuperam de lesões no joelho. De acordo com o técnico, Doni faz o trabalho de transição, mas sem bola. Pode estar à disposição a partir da segunda rodada do returno. Quanto a Bruno Aquino o tempo de recuperação será maior, estima Piza.